EMPREENDEDORESDE SUCESSO

DEPOIMENTOS

Iron Daher

Iron Daher

CEO da Griaule

“A Unicamp foi fundamental pelo sucesso da Griaule por dois motivos. O primeiro é a mão de obra especializada que tem aqui, tanto dos alunos quanto dos professores. O outro é a credibilidade da Unicamp, que endossa a tecnologia da Griaule. Credibilidade é muito importante na nossa área. Esses foram dois fatores primordiais para o sucesso da Griaule. A tendência para o futuro é estreitar mais os laços com a Unicamp, porque para continuarmos à frente, precisamos investir cada vez mais em pesquisa”

“Meu projeto de vida era ser pesquisador em computação e não empresário. Terminei a faculdade, o mestrado e queria juntar dinheiro para fazer o doutorado nos Estados Unidos. Por isso, prestava serviço de consultoria para a IBM. Na ocasião, eles iriam contratar uma empresa para fazer um projeto e me convidaram para treinar a equipe que ganhasse a concorrência. Perguntei se poderia participar dessa concorrência e eles concordaram, mas tinha um problema: faltavam duas semanas para o fim do processo e eu não tinha ainda uma empresa! A solução foi pedir ajuda para um amigo e professor da Unicamp, o Célio Guimarães, que tinha uma empresa de consultoria. Eu sabia que ele pretendia fechá-la, pois já não atuava mais como consultor e voltaria a ser professor integral. A empresa chamava-se CI&T (Consultoria Informática & Tecnologia). Ele me transferiu a empresa e ainda me permitiu deixar o currículo dele para avaliação na concorrência da IBM. Foi nesse momento que chamei meu sócio, o Fernando Matt. Fomos aprovados e ganhamos a concorrência. Então, nasceu a CI&T.”

Cesar Gon

Cesar Gon

Fundador e CEO da CI&T

Fabrício Bloisi

Fabrício Bloisi

CEO da Movile

“Eu sempre quis empreender e desde cedo entendi que estar nos melhores lugares faria a diferença. Foi aí que resolvi deixar Salvador e vir estudar na Unicamp. Logo que ingressei na universidade, comecei na Empresa Júnior da Computação. Foram quatro anos na Conpec (Consultoria, Projetos e Estudos em Computação). Isso me ajudou muito a aprender como administrar uma empresa, como liderar pessoas, como desenvolver um produto, como se relacionar com clientes. Hoje, com a Movile, creio que estar perto da Unicamp é estar perto de um ecossistema que fomenta o empreendedorismo e a inovação, além – é claro – de nos colocar perto dos melhores profissionais de tecnologia no mercado.”

“Terminei minha faculdade em 1992 e dois anos depois, montei minha primeira empresa. A Kaizen começou do zero e chegou a R$ 35 milhões de faturamento. Tínhamos algo em torno de 200 funcionários e atuávamos no Brasil, Venezuela e Estados Unidos. Depois, a empresa foi vendida para um grupo chileno. Em 2012, entrei como sócio da MBA 60, empresa da área de educação para gestão corporativa. Empreender para mim sempre foi uma vontade. Nunca quis seguir carreira tradicional. E a melhor época para fazer isso é quando se é jovem. A universidade, em especial a Unicamp, é um ambiente bastante propício para nos fazer abrir a mente. O fato de estar perto de vários cursos ajuda bastante. E, mais do que isso, há todo um ecossistema ativo, principalmente nos últimos dois ou três anos, que rodeia a universidade. São aceleradoras, incubadoras, outras empresas. A Unicamp faz um papel ímpar não só de ensino e capacitação, como também no que diz respeito à aglutinação dessas iniciativas.”

Alexandre Neves

Alexandre Neves

Ex-presidente do Unicamp Ventures e IVP, Kaizen e MBA60.

Humberto Salvador Afonso

Humberto Salvador Afonso

Presidente da Alibra

“Meus pais são imigrantes portugueses, que vieram tentar a sorte no Brasil em um período em que a Europa enfrentava uma situação econômica difícil. Por aqui, começaram a trabalhar com comércio. E como eu achava monótono ficar em casa, sempre preferi acompanha-los. Por ter crescido nesse ambiente, vive um pouco desse espírito empreendedor. Já na faculdade, por volta do primeiro ou do segundo ano, pensava que não queria depender de emprego nenhum quando chegasse aos 40, 50 anos. E foi essa uma das motivações para abrir uma empresa. Onze anos depois de formado, com experiência em três multinacionais, vi que era o momento. Devo muito à universidade pela formação que tive aqui. Sempre reconheci que saí bem formado da Unicamp, porque aqui tive uma boa base técnica na área de ciências e engenharia. O começo como empreendedor não foi fácil. Parece que tudo que podia dar errado deu. Por outro lado, eu tinha muita vontade de fazer a coisa acontecer. Sempre trabalhei muito para fazer dar certo, e trabalho muito até hoje. ”

“Além do ensino de engenharia, os professores demandam que os alunos desenvolvam a capacidade de buscar as informações necessárias para a realização das provas e trabalhos. Essa característica, somada ao alto nível dos alunos cria um clima propício para a troca de experiências e ideias, além de fortalecer a capacidade de inovação e o trabalho em equipe. Graças à Unicamp, tive a oportunidade de fazer parte de uma equipe trabalhadora, competente e honesta, que é a base para qualquer sociedade empresarial de sucesso. A proximidade com a Unicamp propicia, inicialmente, uma facilidade muito grande na contratação de estagiários que, normalmente, ainda precisam frequentar as aulas no campus. Além disso, muitos de nossos profissionais acabam por fazer cursos de aperfeiçoamento. Indiretamente, ao estar próximo da Unicamp, ficamos próximos também inúmeras empresas de base tecnológica, de laboratórios e institutos de pesquisa que oferecem serviços de pesquisa, desenvolvimento e validação de altíssimo nível e importância. ”

Marcos Ferretti

Marcos Ferretti

Sócio-fundador da Pósitron

Taíla Lemos

Taíla Lemos

Diretora-executiva da Gentros

“Oficialmente, comecei minha carreia empreendedora em 2008, quando criei a Gentros P&D Ltda. Mas, quando reflito porque empreendi, percebo que o comportamento empreendedor esteve presente na minha carreira e vida por muito tempo. A minha motivação é deixar um legado, construir algo que gere riqueza e que continue além da minha existência, que seja um ambiente onde as pessoas tenham prazer em trabalhar e que ajude a construir cidadãos melhores. Nesse sentido, uma das grandes colaborações da Unicamp foi o Unicamp Ventures, que na gestão do Fabrício Bloise, da Movile, em conjunto com a Associação Campinas Startups, na gestão do Igor Santiago, da I-systems, criaram um programa de mentoria. Neste programa tive como mentor o Juliano Graff, da MasterMinds, e posso dizer que existe minha empresa antes e depois da participação neste programa. Aprendi muito, mudei a maneira de gerir a Gentros, de me comportar como empreendedora, de ver o mundo real dos negócios. Não tem um ambiente mais propício para empreender no brasil, do que a região próxima à Unicamp. ”

INOVA no Facebook

Junte-se aos +2.000

INOVA no Twitter

Siga as novidades no

INOVA no Flickr

Descubra a INOVA

INOVA NO LINKEDIN

Acompanhe nossas
TOP