Embalagem permite aproveitamento total do produto

Embalagem permite maior aproveitamento de resíduos

Nova tecnologia proporciona maior eficiência no processo de cristalização acelerando ou até mesmo eliminando a etapa de temperagem na fabricação de chocolates

O consumo de chocolates é grande em todo o mundo e a busca por novas tecnologias que agreguem valor ao produto e inovem o processo de fabricação são constantes. A etapa de temperagem, por exemplo, quando realizada em grande escala de produção torna-se de difícil controle de uniformidade, comprometendo a qualidade do produto final e onerando o processo. Esta invenção obtém sementes de cristalização estabilizadas capazes de acelerar ou eliminar o processo de temperagem, sendo viável para aplicação em chocolates e para o desenvolvimento de sucedâneos da
manteiga de cacau para uso em chocolates. Com essas características a tecnologia é capaz de proporcionar facilidade de desmolde, evita a a formação do fat-bloom e contribui para um produto final com boas características de brilho, textura (snap) e fusão.

 


Principais benefícios e caracteristicas da inovação:


  • Embalagem para produtos viscosos tais como cosméticos, farmacêuticos e alimentícios
  • Evita o desperdício de resíduos que pode chegar a 19% do conteúdo da embalagem
  • Pode ser confeccionada no formato cilíndrio, elíptico, retangular ou losangular
  • Impacto ambiental ao diminuir o volume de água necessário para limpeza na reciclagem
  • INVENTORES

    FABIANE DE MORAES

    • Engenheira de Alimentos – UNICAMP
    • Mestrado em andamento em Engenharia de Alimentos – UNICAMP Atualmente é docente do Centro Universitário Senac e professora do ensino técnico – Colégio Técnico de Campinas.

    LETÍCIA MOKARZEL

    UNICAMP GABRIEL MARANGONI MINICHELI 

    UNICAMP

    FRANCISCO BARSALINI

    UNICAMP

    DÉBORA PAULA BOTARO UNICAMP

    FACULDADE/INSTITUTO:

    Colégio Técnico de Campinas – COTUCA

  • ANO 2016
  • STATUS Depositado
  • DETALHES Cotuca
  • CATEGORIA
TOP