SWXP - Software Experience 2017 | Virabrequim
16685
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-16685,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-6.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.2,vc_responsive

Virabrequim

Estamos em busca de parceiros para licenciar e desenvolver a tecnologia
parcerias@inova.unicamp.br
(19) 3521-2607 / 2612 / 5012 / 2552

Conheça a Empresa

A tecnologia Virabrequim tem como objetivo realizar inspeção dimensional de peças forjadas a quente, como por exemplo um virabrequim. O método desenvolvido permite a medição da peça ainda quente, ao final de seu processo de fabricação, a partir do processamento de imagens fotográficas da mesma.

A medição é feita através de um sistema composto por seis câmeras digitais, posicionadas ao redor do objeto, capturando diferentes perspectivas do produto. Então o programa de computador realiza o processamento das imagens capturadas, extrai diversos pontos de interesse que o caracterizam e promove a reconstrução digital da peça em forma tridimensional. Mediante sua comparação com um modelo padrão daquele objeto, tem-se como resultado a mensuração dimensional precisa do produto e sua verificação em relação ao padrão de qualidade esperado.

Neste caso, não utiliza outros instrumentos de medição tampouco requer intervenção de um operador humano, podendo se integrar a um sistema automatizado. Desta forma, o controle dimensional pode ser aplicado a 100% das peças produzidas, em contrapartida a forma atual que se utiliza de amostragem para inspeção da qualidade, e diminui o risco de acidentes de trabalho.

Fica evidenciado, portanto, o diferencial do programa de computador, que realiza a medição sem contato com a peça, algo extremamente interessante na inspeção de produtos recém forjados, que apresentam temperaturas elevadas.

Aplicações do Programa de Computador:

  • Mede peças forjadas a quente, nos diversos ramos de atividade da indústria metal-mecânica.

 

Autores

Prof. Dr. Paulo Roberto Gardel Kurka

  • Pós-Doutorado pela Faculdade de Engenharia a Universidade do Porto. (2004)
  • Pós-Doutorado pelo Technion Israel Institute Of Science And Technology. (1995)
  • Doutorado em Engenharia Mecânica pela University Of Manchester Institute Of Science and Technology. (1989)
  • Mestrado em Engenharia Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. (1985)
  • Graduação em Engenharia Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. (1985)

 
Prof. Dr. Romulo Gonçalves Lins

  • Doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas. (2013)
  • Mestrado profissional em Engenharia Mecânica com ênfase em automação e robótica. (2008)
  • Graduação em Formação pedagógica para profissionais da educação pela Universidade do Sul de Santa Catarina. (2010)
  • Graduação em Tecnologia em Automação Industrial pelo Instituto Federal de São Paulo. (2005)