1201_COORDENACAO

Descrição

COMPLEXO DE COORDENAÇÃO PARA A FOTOINICIAÇÃO, SISTEMA DE FOTOINICIAÇÃO E USO
Novo sistema de fotoniiciação não causa danos ao dentista e paciente

Em procedimentos odontológicos de fotoativação é necessário que o dentista posicione a fonte de luz sobre a restauração e a mantenha estabilizada durante o procedimento. Com isso, o contato visual com a luz de alta intensidade é inevitável, sendo que, de 10 a 30% da intensidade total emitida pela fonte de luz é refletida para o operador. Estudos demonstraram que a alta intensidade de luz, azul e violeta, pode ser capaz de causar danos ao olho humano, irritação da mucosa oral e necrose pulpar.

A Unicamp desenvolveu um sistema de fotoiniciação, sendo uma alternativa viável para fotoativação de materiais odontológicos, além de ser capaz de absorver a luz em faixas menos danosas para o dentista e para o paciente, pois pode ser polimerizada na luz verde.

Oportunidades de mercado

Aplicação em materiais odontológicos poliméricos
Resolve os riscos aos cirurgiões-dentistas, auxiliares e pacientes
Aplicação física da luz em comprimentos de onda médios e/ou longos
Promove grau de conversão entre 45% e 85%

Inventores
MÁRIO ALEXANDRE COELHO SINHORETI
DAYANE CARVALHO RAMOS SALLES DE OLIVEIRA
MATEUS GARCIA ROCHA
AMÉRICO BORTOLAZZO CORRER
ALEXANDRE CARNEIRO SILVINO